quarta-feira, 2 de julho de 2008

Arteiros

Eram cantos de encantos em forma de cor,

brincadeiras, risos e palavras.


Um dia resolveram juntar-se num único canto.

E contaram estórias de “era uma vez”,

e deram “gosto à palavra”,

e cantaram a voz e o violão.


Inocentes, viveram juntos a alegria da virginal primeira vez.

À luz incerta das velas, porque a timidez os cercava.

Encarando folhas de papel e a platéia interessada,

tomaram coragem em goles e hoje, destemidos, retornaram.


Artistas, arteiros, lúdicos e lunáticos,

ESTAMOS AQUI OU NÃO?



Em homenagem aos artistas, arteiros, lúdicos e lunáticos que participam do nosso delicioooooso sarau (pra dar inveja nos que teimam em não participar...)

3 comentários:

Bianka disse...

Foi vc quem fez? hehehehehe
Eu li e pensei que vc tinha tirado de algum livro ;p
bjim

Kamilla Farias disse...

Uau baby... eu sou artista e arteira... e sempre irei ao sarau... pq tenho necessidade de colocar para fora toda essa arte que a cada segundo flue e cresce e cria e recria... tive até que arranjar um artista para dormir todos os dias ao meu lado para eu poder dividir tanta arte, mas é tanta nos dois que precisamos nos encontrar com outros artistas e arteiros para repartir, mais ai soma-se mais, então precisamos da companhia de outros artistas e arteiros, ou apenas daqules que escutam e consomem a arte. hehehe

Jorge disse...

Excelente! Arte_Orieta=Escrever+desenhar...muito bom!